• Divulgue sua Cidade, insira a widget abaixo do Portal Turístico em sua home page.



Notícias

Vila St.Gallen, o templo da cultura cervejeira na região serrana
 

Teresópolis, 31 de outubro de 2011

A Cervejaria Sankt Gallen, fabricante das cervejas artesanais Therezópolis e St. Gallen, vai inaugurar no próximo dia 4 de novembro seu “templo” da cultura cervejeira na região serrana do Rio de Janeiro. O empreendimento de 2.200m², com capacidade total de 243 lugares, fica no bairro do Alto, em Teresópolis. Remonta uma autêntica vila cheia de charme do Sul da Alemanha, inclui uma cervejaria com tanques de maturação e panelas de cozimento (que produzirá de sexta a domingo), um bistrô e um ainda um ambiente exclusivo para fondues e racletes, batizado de Abadia.

Mozart Rodrigues, diretor do Grupo Arbor, explica que os visitantes poderão deixar mensagens em um “autêntico” livro antigo da Abadia, com canetas tinteiro de nanquim que serão arquivados ali e serão atendidos por “monges” que sacam cardápios manuscritos em pergaminho de suas bolsas de couro. Foto: TeresopolisON.com

Também compõem o projeto, um salão de jogos com mesa oficial de sinuca e pista de dardos, uma área de recreação infanto-juvenil, uma fonte de água mineral, estacionamento e comércio próprio. Com investimento total de mais de R$ 4 milhões, a Vila St. Gallen pretende fomentar o turismo na região e fazer de Teresópolis novamente um destino valorizado. Nos fins de semana, uma feira de antiguidades e pocket shows de blues e jazz farão parte da programação. O espaço, que oferecerá cursos diversos de harmonização, cervejeiro artesanal com certificado e análise sensorial, enriquecerá a vida cultural e social da cidade, tornando-se mais um ponto de atração para turistas do Brasil inteiro.

“A intenção aqui é criar um aparelho turístico que una todo o conteúdo histórico da marca à cultura cervejeira. Todo o projeto da Vila St. Gallen tem como objetivo contar uma história e proporcionar aos visitantes uma autêntica experiência com o universo cervejeiro”, explica o empresário Mozart Rodrigues, proprietário do empreendimento.

Para impulsionar o turismo na região a Vila St Gallen vai oferecer um “passaporte gastronomico” aos clientes a fim de estimular a visitação a outros pontos interessantes da cidade e alguns outros bons restaurantes de Teresópolis. A cada restaurante frequentado, é recebido um carimbo no passaporte. Após o quinto carimbo, o cliente é contemplado com um jantar de cortesia no Bistrô 1912 para duas pessoas. Após dez carimbos, jantar para quatro pessoas. Há também divulgação por meio de cartões postais exclusivos, dispostos estrategicamente em 40 estabelecimentos e oito pontos turísticos, além dos melhores hotéis da região.

Bistrô 1912

Em estilo Art Nouveau, a casa construída no final da década de 30, abriga o Bistrô 1912 e remete ao início do século passado. A inspiração surgiu justamente do ano de 1912, quando Alfredo Claussen, descendente de imigrantes dinamarqueses que povoaram Teresópolis durante o séc. XIX, fundou a primeira cervejaria (e também a primeira indústria) da cidade. Até então, a família Claussen produzia cerveja artesanal apenas para consumo próprio. A receita caseira original - que chegou ao Brasil em 1826, na bagagem do casal de imigrantes dinamarqueses Josef Henrich Claussen e Caroline Claussen - se tornou tão apreciada que o mestre Alfredo Claussen, neto de Josef, resolveu produzi-la para consumo em maior escala.

A cozinha brasileira, com referências da gastronomia francesa, é comandada por Rafael Rodrigues, que valoriza ingredientes da região. Destaque para a sopa de cerveja com shitake (feita com pão de cevada) e para o leitão com purê de banana da terra, especiarias e crisp de banana da terra verde. Entre as sobremesas, é imbatível a pera quente com sorvete de creme e calda caramelizada de Therezópolis Rubine (uma autêntica Bock composta por maltes tostados).

Abadia

O Mosteiro de Sankt Gallen, fundado em 612 d. C., nas montanhas da antiga Germânia (atual Suíça), um dos maiores acervos culturais da Europa e um dos precursores em produção de cerveja, foi a inspiração central para a concepção desse ambiente. A Abadia remete a uma biblioteca de mosteiro com luz de velas.

Racletes e fondues são servidos em louças e utensílios de pedra sabão e cerâmica. Cada mesa dispõe de equipamento moderno e exclusivo de exaustão, que garante conforto aos clientes. Taças e copos em estanho, além de canecas de chope em cerâmicaconferem sobriedade na medida certa. A trilha sonora composta por cantos gregorianos é um charme a parte.

Da cozinha saem fondues de mignon, de carnes exóticas (avestruz e magret de pato), de queijo tradicional da Fazenda Geneve de Teresópolis, de queijo de cabra e ainda de chocolate Toblerone com café espresso.

“Na capela da Vila St.Gallen pretendemos realizar batizados e casamentos (de verdade) aos domingos pela manhã” conta Mozart Rodrigues

Bierfest – a cervejaria

Com ambientação rústica de cervejaria antiga, em alvenaria e madeira lavrada, salões amplos e pé direito alto, a Bierfest é um espaço de celebração e alegria, com rituais consagrados pela Oktoberfest. O projeto buscou referências na belíssima cidade belga de Brugges. A atração central é a microcervejaria que produzirá a bebida mais antiga do mundo, de sexta a domingo.

O cliente terá acesso a todo o processo de fabricação, do cozimento à maturação, com informações minuciosas do mestre cervejeiro da Sankt Gallen, Mauricio Machado.

A estrutura conta com tanques de maturação, panelas de cozimento, equipamento para engarrafamento e recursos gráficos para elaboração de rótulos personalizados. Isto quer dizer que os clientes terão o prazer da experiência de fabricar uma cerveja artesanal e ainda criar um rótulo exclusivo. Tudo isso em cursos organizados pela casa, sempre aos sábados, com aulas de análise sensorial, harmonização e cervejeiro artesanal (com certificado), entre outras opções.

Este espaço é hoje a sede da ACERVA de Teresópolis (Associação dos Cervejeiros Artesanais), que já conta com 40 associados, onde vão acontecer todos os encontros e eventos do grupo.

Vinícius Claussen, empresario operador dos restaurantes, mostra a nova placa da Associação do cervejeiros. Foto de celular.

O cardápio foi criado de acordo com a gastronomia da Baviera, com toques das cozinhas holandesa e belga. O couvert traz linguicinhas defumadas, chucrute, pretzel e mostarda escura. Os chamados “pratos cervejeiros” acompanham bem a bebida da casa e apresentam paladares e aromas encorpados, como o marreco marinado na Therezópolis Rubine com repolho roxo e spatzel (uma espécie de macarrão alemão). Há também seis opções de carne com 12 acompanhamentos a escolher, que incluem purê de maçã ou de ervilha com bacon, chucrute e salada de batatas rústicas com mostarda Dijon a L’Ancienne.

Garçons vestidos de tiroleses servirão canecas de chope de 200ml a 1litro da Therezópolis Gold, Therezópolis Ebenholz, Therezópolis Rubine e St.Gallen Weissbier.

Beergarten – a vila

A grande surpresa do projeto remonta uma vila nos moldes da antiga Germânia, com a St. Gallen Kapelle, uma pequeníssima capela com cúpula em estilo bávaro e afrescos pintados a mão, com ramos de lúpulo.

Integram a vila lojinha de souvenirs, ateliê e o Kaffee Haus, uma cafeteria com parceiros de excelência, além de uma mercearia da Fazenda Geneve, que venderá queijos de cabra e demais produtos da região.

Aos domingos, uma simpática feira de antiguidades dará vida à vila e movimentará suas “ruas”.

O Beergarten tem ainda uma pequena horta onde são cultivadas as ervas e temperos frescos que abastecem a cozinha da Vila St. Gallen.

A Vila Sankt Gallen fica na rua Augusto do Amaral Peixoto, 166 – Alto, Teresópolis – RJ. Funciona quarta e quinta (só o Bistrô e a Abadia), das 18h30 à 1h30. Na sexta (abertura da Vila St Gallen), das 18h30 às 2h, sábados, das 9h às 2h30 e aos domingos, das 9h às 23h30. Aceita todos os cartões de crédito e débito e tem capacidade total: 243 lugares.

Confira as fotos clicando aqui:
NOVO - Fotos da festa
Em breve mais fotos
VILA SANKT GALLEN
Fotos: Photo Santa Tereza