• Divulgue sua Cidade, insira a widget abaixo do Portal Turístico em sua home page.



Notícias

Festival de Inverno 2013 - Sesc estima em 40 mil pessoas o público total em Teresópolis

 

Teresópolis, 31 de julho de 2013

A preços reduzidos ou de graça, população da cidade teve acesso a espetáculos de música, dança e teatro

Com os termômetros da cidade marcando temperaturas que fizeram jus ao nome, o Festival de Inverno chegou ao fim no último domingo (28), em Teresópolis. Quem fechou o evento foi os Paralamas do Sucesso, em show emocionante assistido por cerca de 10 mil pessoas, que tomaram a Praça Olímpica. Ao todo, em Teresópolis, desde o dia 13 de julho, os organizadores estimam que cerca de 40 mil pessoas tenham passado pelos eventos.

Além dos Paralamas, passaram pelo palco montado na Praça Olímpica, Zé Ramalho, Titãs e Diogo Nogueira, que juntos sacudiram um público de quase 30 mil somente nos quatro últimos dias do Festival. As demais atividades e atrações que envolveram música, teatro, dança, artes visuais, cinema, literatura, além de debates, oficinas e palestras, atraíram mais de 8 mil pessoas.

A quadra do Sesc ganhou um palco por onde passaram: Lenine, Erasmo Carlos e Roberta Sá e também espetáculos que foram sucesso de público e crítica, como o musical “Gonzagão – A lenda”, que conta sobre a vida do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e divertidas peças infantis, que encantaram crianças, adultos e idosos, como “Sambinha”, um musical que conta através de sambas tradicionais o cotidiano de duas famílias – uma do subúrbio e outra da Zona Sul do Rio de Janeiro.

Já pelo Teatro do Sesc Teresópolis passaram vários talentos da dramaturgia brasileira. Domingos Montagner e sua companhia de teatro La Mínima apresentaram o espetáculo “Mistero Buffo”. Maria Clara Gueiros interpretou a ex-bailarina Paula Menezes em “A garota do adeus”. O vencedor do Prêmio Shell de Melhor Ator, Charles Fricks, encenou “O filho eterno”, adaptação do aclamado livro homônimo de Cristovão Tezza. Aos 77 anos, Emiliano Queiroz esteve à frente do monólogo “Na sobremesa da vida”. Um grande elenco, que incluiu Ricardo Blat e Thelmo Fernandes, conduziu “A arte da comédia”. E a peça “A revista do ano – O olimpo carioca”, da dramaturga Tânia Brandão, trouxe à cidade um elenco de 15 atores e sete músicos, que no palco promoveram uma grande festa teatral em homenagem ao Rio de Janeiro contemporâneo, exaltando os episódios mais marcantes de 2011 e 2012.

Uma série de outras atividades culturais do Festival de Inverno atraíram o público ao Palacete Granado - o belo casarão construído no início do século passado e onde viveu o fundador da tradicional drogaria que leva seu sobrenome. Talentos da música local, entre eles Toni Rezende, Fátima Gaspar, Mani Carneiro e Grupo Tangará, fizeram a trilha sonora de encontros no Sesc Café. Na biblioteca, estudiosos e escritores discutiram sobre os rumos da literatura diante dos desafios contemporâneos, como Eduardo Spohr, Bráulio Tavares, Cora Rónai, Luciana Hidalgo e Heloisa Buarque de Hollanda.

.